Portal dos Correios
Notícias > Presidente dos Correios participa de audiência pública na Câmara dos Deputados

Presidente dos Correios participa de audiência pública na Câmara dos Deputados

Brasília, 6/8/2019Na manhã desta terça-feira (6), o presidente dos Correios, Floriano Peixoto, participou de audiência pública da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público (CTASP) da Câmara dos Deputados, sobre a intenção do governo federal de privatizar a empresa. A reunião, presidida pelas deputadas Professora Marcivania e Erika Kokay contou com a presença do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes.

Abrindo a sessão, o ministro Marcos Pontes agradeceu ao convite para estar no parlamento e debater tema tão relevante.

O presidente dos Correios, Floriano Peixoto, iniciou sua fala lembrando que está há um mês na direção da empresa, com a missão de liderar os esforços na busca do fortalecimento financeiro e dos referenciais de eficiência.

 O dirigente apresentou a estrutura organizacional e os principais números dos Correios: a empresa está presente nos 5.570 municípios, com mais de 11,7 mil pontos de atendimento, 45 unidades de tratamento e 1052 unidades distribuidoras, que manejam diariamente cerca de 22 milhões de objetos, sendo mais de 20 milhões de mensagens e mais de 1 milhão de encomendas.

Também foram mostrados dados das receitas e despesas da empresa. O presidente da estatal frisou que, ao contrário da percepção comum, atualmente os Correios se mantêm não mais com o monopólio, pois a entrega de encomendas, hoje, corresponde a 56% da receita. Quanto aos gastos, a despesa com pessoal, segundo o gestor, se manteve no patamar dos 60%. Apesar da previsão de lucro na ordem de R$ 301 milhões em 2019, o presidente dos Correios comentou que o resultado financeiro parcial ainda está aquém do estimado e que ainda há muito a ser feito para restabelecer o equilíbrio da empresa.

Os deputados e representantes dos empregados presentes tiveram a oportunidade de expor suas opiniões e contribuir com o debate.