Portal dos Correios

Sobre o Centro

Centro Cultural Correios – Recife está localizado na Av. Marquês de Olinda, 262, em área privilegiada do centro antigo da cidade tombada pelo IPHAN e considerada Zona Especial de Proteção Histórica (ZEPH – 09) através da Lei Municipal 16.290/97.

Mais sobre o centro
O prédio é uma construção do início do século passado e foi adquirido pelo então Departamento de Correios e Telégrafos – DCT em 1921 para ser a sede dos Correios em Pernambuco.

Integralmente restaurada, a edificação conta com cinco pavimentos e dispõe de seis salas de exposição, auditório, restaurante (bistrô), sala com peças históricas e uma agência postal.

O edifício é de composição eclética e linguagem arquitetônica influenciada pelo classicismo francês. A obra de restauro representou um investimento de mais de R$ 5 milhões e permitiu a recomposição original do projeto do prédio, com a abertura da clarabóia, da escada e do elevador panorâmico.

O Centro, inaugurado em 31/7/2009, integra o conjunto de pontos turísticos do bairro, um dos principais da capital pernambucana, que já dispõe de atrativos como: a Rua do Bom Jesus, a 1ª Sinagoga das Américas, a Igreja da Madre de Deus, o Paço Alfândega e a Torre Malakoff, além de teatros, livrarias, restaurantes e outros espaços culturais.

Visitação:
Centro Cultural Correios Recife
Av. Marquês de Olinda, 262 – Bairro do Recife
50031-970 - Recife – PE
Telefone: 081 3424 1935
e-mail: centroculturacorreios
recife@correios.com.br


Funcionamento:
O Centro Cultural Correios recebe visitantes de segunda a sexta-feira, das 11h às 17h.
Entrada franca.


Confira a planta baixa do Centro Cultural Correios de Recife

 

Programação

EXPOSIÇÕES

Exposição Sobre a Obra de Durval Pereira Traz Arte e Interatividade ao Centro Cultural Correios Recife


Foi inaugurada no dia 28.02, no Centro Cultural Correios Recife, a exposição “SESI Durval Pereira – Impressões Brasileiras/100 Anos”. Com um acervo de 180 telas, a mostra é a mais significativa já realizada sobre a vida e a obra de Durval Pereira, que, ao longo de sua trajetória, ficou reconhecido internacionalmente como um dos maiores pintores impressionistas e paisagistas contemporâneos. Em 1983, conquistou o primeiro prêmio da III Biennale Mondiale des Métiers D’Art, em Nice (França). Foi presença constante nos melhores Salões de Arte do mundo e muitas de suas telas podem ser encontradas em acervos da Alemanha, Itália, Espanha, Suécia, África do Sul e países da América Latina. No Museu dos Independentes, na França, está ao lado de nomes consagrados, como Manet, Gauguin, Toulousse-Lautrec, Matisse, Van Gogh, Cézanne e Degas. No Brasil, participou de inúmeras exposições e sua obra também faz parte de importantes coleções de edifícios públicos brasileiros (Palácio da Alvorada e do Itamaraty, por exemplo), além de acervos particulares.

A curadoria da exposição ficou a cargo do arquiteto e pesquisador Lut Cerqueira, o qual passou mais de dois anos mergulhado na obra de Durval Pereira, com o desafio de trazer à tona a obra de um artista premiado, mas que foi praticamente esquecido, após sua morte, em fevereiro de 1984. “São mais de 30 anos de um quase completo esquecimento. Então, aproveitamos o centenário de nascimento dele para reapresentá-lo ao público”, diz, Lut.

A carreira de Durval Pereira teve início na década de 40. Durante sua trajetória, viajou pelo Brasil, percorrendo estados como Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso e Rio Grande do Sul. Tinha por hábito pintar telas in loco, sobre um cavalete, despertando a atenção dos curiosos. Na observação de Lut Cerqueira, os quadros de Durval Pereira não se limitavam a retratar paisagens. Nelas, ele agregava suas próprias impressões, fruto de sua experiência e interação com o lugar.

A exposição também oferece um acervo em braille, além de passeio virtual pelas obras, com tecnologia 3D. Um dos recursos é a mesa digital, onde é possível montar quebra-cabeças com obras do artista.

Também foi desenvolvido um aplicativo que funciona como um álbum de figurinhas virtual com imagens de telas do artista. Ele já vem com algumas imagens. Para conseguir preencher o álbum, é necessário fazer um tour na exposição, descobrir as obras que faltam, fazer a leitura do QRcode e capturar a imagem. Ao completar o álbum, interagindo com as obras de Durval, o visitante será presenteado com um brinde surpresa.

O aplicativo está disponível para Android e iOS.
    
Ao trazer recursos de interatividade, a exposição Durval Pereira amplia a experiência dos visitantes, resgatando o passado e estabelecendo links com o presente e com o futuro.  

Serviço:
Exposição "SESI Durval Pereira - Impressões Brasileiras/100 Anos".
Visitação: até 22 de abril/2018
Horário: De segunda a sexta, das 11:00h às 17:00h.
               Sábados e domingos, das 12:00h às 18:00h
Local: Centro Cultural Correios Recife
Endereço: Av. Marquês de Olinda, 262, Bairro do Recife.
Entrada franca.


Exposição “Akáshicos” traz obras que representam a experiência coletiva dos seres humanos conectados em rede, misturando figuras humanas, místicas e míticas
Inaugurada no dia 20.02.2018, no Centro Cultural Correios Recife, a exposição “Akáshicos”, do Artista Plástico Antônio Amorim.

A mostra é a primeira individual do artista, que estreia no segmento de Artes Visuais, após ter acumulado uma quantidade significativa de pinturas, ao longo dos anos.  
Antônio Amorim iniciou empiricamente seus desenhos em 2010 e em pouco tempo passou a pintar em papel cartão. Como se fotografasse holograficamente a Noosfera e acessasse os registros Akáshicos, Amorim expressa em cada trabalho, traços que parecem vir deste campo de energia dos pensamentos e sentimentos humanos, tanto positivos quanto negativos, retratando aspectos da urbanidade. Nas palavras do filósofo francês Theilard de Chardin, em seu livro “Cosmogênese”, Amorim parece fazer um registro da experiência coletiva de todos os seres humanos conectados em rede, apresentando, de forma muito expressiva, figuras que emergem dos universos celestes, terrenos e marítimos, por meio desses seres humanos, não humanos, espíritos, divindades e extraterrenos, residindo nestes elementos a diversidade de mundos e culturas com a qual o artista nos presenteia.  

De naturalidade pernambucana, Antônio Amorim viajou pelo Brasil durante anos, quando esteve trabalhando para várias empresas, o que lhe possibilitou lidar com diversos públicos. Provavelmente dessa interação tenham nascido suas inspiração e inquietação, bem como a necessidade de ampliar o seu universo no mundo das artes, mais tarde explodindo em pinturas. Pois, nas palavras do artista “a iniciativa de promover essa primeira exposição representa a realização de um sonho e o desejo de avançar no caminho das artes plásticas”.
 
A exposição é composta por 25 obras de três tamanhos distintos, utilizando, predominantemente, a técnica de pintura manual, feita sobre papel cartão e papel Craft. Durante o período da mostra serão realizadas oficinas sobre o processo criativo e de produção do artista.

Serviço:
Exposição Akáshicos
Período: de 20.02 a 20.03.2018
Local: Centro Cultural Correios Recife, Av. Marquês de Olinda, 262, Bairro do Recife
Horário de Visitação: de segunda a sexta, das 11:00h às 17:00h
Entrada franca.


Exposição “Fantastic” Retrata a Beleza da Mulher Plus Size

 

Foi inaugurada no dia 03 de fevereiro, no Centro Cultural Correios Recife, a exposição "Fantastic", do Designer e Artista Eduardo Santos (Edull).

Inspirada na beleza das mulheres Plus Size, a exposição surgiu de uma pesquisa feita com mais de 60 mulheres de todo o Brasil, onde o artista se questionou sobre a aceitação do corpo, moda, preconceito, comportamento e outros temas cotidianos. Através de suas obras, Edull provoca o espectador a adquirir um novo olhar para estas mulheres e, através do seu olhar positivo, desafia paradigmas e preconceitos sociais que existem contra as mulheres gordas, para que estas reconheçam sua beleza, se valorizem e se aceitem. O resultado é uma mostra lúdica, onde as mulheres são cheias de poder, magia, fantasia e beleza. Uma junção do mundo imaginário de Edull e da vida real dessas mulheres.

Composta por 16 telas em tinta acrílica e lápis pastel, tamanho 60 x 80 cm, "Fantastic" traz arte, cultura, beleza, proposições, inclusão e reflexões. O movimento Plus Size é, antes de tudo, um processo de inclusão social, que pretende dar voz e força às mulheres que não se "enquadram" nos padrões vigentes da moda há anos, os quais celebram a magreza acima de tudo. Trata-se de um processo que visa combater todas as formas de preconceito e mostrar que as mulheres Plus são iguais a todas as mulheres, devendo ser respeitadas como tal. Procurando despertar a todos para a importância do tema, Edull deixou um painel interativo, no qual o público pode refletir e expressar, em uma única palavra, sentimentos e atitudes para vencer o preconceito.

Durante o vernissage, o público foi presenteado com uma apresentação do Grupo pernambucano "Gesttus Grupo de Dança", que, a convite do artista, trouxe a coreografia "Você consegue nos sentir?", com bailarinas plus size. A coreografia ficou em 3° lugar no "Tanz Festival de Dança 2017". O espetáculo segue a linha de outros grupos, nacionais e internacionais, compostos por dançarinas curvilíneas e gordas que estão quebrando todos os estereótipos de um modelo perfeito, inclusive, para se expressar artisticamente. O artista também aproveitou o momento de inauguração da mostra para sortear uma de suas obras entre os presentes.

Outras atividades ainda ocorrerão. Fiquem atentos!

Serviço:
Exposição "Fantastic"
Período: de 03.02 a 31.03.2018
Visitação: segunda a sexta, das 11h às 17h
Local: Centro Cultural Correios Recife
Endereço: Avenida Marquês de Olinda, 262, Bairro do Recife

Centro Cultural Recife


Visitação:
Centro Cultural Correios Recife
Av. Marquês de Olinda, 262 – Bairro do Recife
50031-970 - Recife – PE
Telefone: 081 3224 5739 / 3424 1935
Fax: 081 3224 5739
e-mail:

Funcionamento:
O Centro Cultural Correios recebe visitantes de terça-feira a sexta-feira, das 9h às 18h, e aos sábados e domingos, das 12h às 18h.
Entrada franca.