Portal dos Correios
Correios de A a Z > Entrega Interativa – Solicitação de suspensão da entrega

Entrega Interativa – Solicitação de suspensão da entrega

É a funcionalidade que permite ao remetente solicitar a suspensão da entrega de uma encomenda já postada.


Disponibilidade do serviço:

A funcionalidade está disponível para as encomendas PAC e SEDEX postadas em todo o território nacional.

Quem pode usar:

A solicitação de suspensão da entrega de uma encomenda é uma funcionalidade restrita a pessoas jurídicas que possuem contrato com os Correios e, necessariamente, realizem pré-postagem eletrônica por meio de integração tecnológica com o web services dos Correios.

Como funciona:

Para utilização da funcionalidade, o detentor do contrato deverá realizar integração tecnológica por método web service para a pré-postagem das encomendas, implementando também o método de Suspensão de entrega de encomenda a pedido do remetente, conforme orientações do Manual para Integração via Web Service do SIGEP WEB;

Sempre que for necessário suspender a entrega de uma encomenda, a CONTRATANTE, devidamente autenticada, deverá enviar via método web service previamente implementado o comando de Suspensão de entrega de encomenda a pedido do remetente;

A CONTRATANTE deverá observar a mensagem de retorno enviada pelo método web service quanto à possibilidade ou impossibilidade do envio do comando de suspensão da entrega para a encomenda solicitada;

Os Correios receberão a informação do comando e, após validações, gravarão no status da encomenda no SRO a informação de “Entrega de objeto bloqueada a pedido do remetente”. 

Ao receber o comando de Suspensão da entrega de encomenda a pedido do remetente, a encomenda seguirá o fluxo normal até a chegada à unidade de distribuição da cidade de destino, onde será identificada e devolvido ao remetente.

Após a identificação da encomenda na unidade de distribuição, seu status no SRO será alterado para “Devolvido a pedido do remetente”.

Por que utilizar essa funcionalidade?

A suspensão da entrega a pedido do remetente proporciona tranquilidade para a empresa que envia uma encomenda, principalmente para mercadorias transacionadas pelo comércio eletrônico.

Ao perceber tardiamente que a compra se trata de uma fraude, por exemplo, a empresa pode solicitar que a encomenda não seja entregue ao destinatário, sendo então devolvida ao remetente.

Assim, a funcionalidade oferece mais segurança para o comércio eletrônico.

Quanto custa:

Atualmente, a utilização da funcionalidade é gratuita.

Efetividade

Os Correios não garantem a suspensão da entrega da encomenda, pois sua efetividade depende de viabilidade técnica e operacional.

Portanto, apesar dos esforços realizados pelos Correios para interromper a entrega, uma encomenda que tenha recebido solicitação de suspensão de entrega poderá ser entregue ao destinatário, por motivo de inviabilidade operacional e/ou técnica de atendimento à solicitação.

Indenizações

Não são aceitas reclamações por atraso para encomendas cuja suspensão da entrega tenha sido solicitada pelo detentor do contrato.

As encomendas que receberem o comando de bloqueio para impedir a entrega ao destinatário, serão faturadas normalmente à CONTRATANTE, o que implica dizer que os Correios não farão a devolução dos valores pagos pelas postagens

Cancelamento

Não é possível solicitar o cancelamento da suspensão da entrega de uma encomenda. Uma vez que a encomenda tenha recebido a solicitação de suspensão, ela será necessariamente devolvida ao remetente (exceto em caso de impossibilidade técnica ou operacional no atendimento da solicitação pelos Correios).

Informações técnicas:

Para utilização da funcionalidade, o detentor do contrato deverá realizar integração tecnológica por método web service para a pré-postagem das encomendas, implementando também o método de Suspensão de entrega de encomenda a pedido do remetente, conforme orientações do Manual para Integração via Web Service do SIGEP WEB;

As condições para utilização da funcionalidade estão descritas no TERMO DE CONDIÇÕES DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENCOMENDAS NACIONAIS.