Notícias > Emissão especial homenageia o clássico esporte xadrez

Emissão especial homenageia o clássico esporte xadrez

Brasília, 15/12/2020 - Os Correios colocam em circulação, nesta terça-feira (15), emissão especial em homenagem ao xadrez, modalidade esportiva considerada arte e ciência. A edição é diferenciada e com temática bastante voltada ao colecionismo.

A primeira emissão sobre o tema, em 1980, destacava o Xadrez Postal, cujas partidas levavam cerca de um ano para serem concluídas. Essa nova versão, 40 anos depois, representa o universo on-line, onde o jogo pode ser disputado em apenas 2 minutos.

Na arte moderna de Juliana Souza, a folha de selos é comporta em perspectiva, promovendo uma visão tridimensional do tabuleiro; com aplicação de verniz localizado, que dá destaque a detalhes das peças.

A emissão tem tiragem de 600 mil selos, com valor de 1º Porte da Carta (R$ 2,05) a unidade. As peças estarão disponíveis na loja virtual [link] e principais agências dos Correios.

Modalidade - O xadrez é um envolvente jogo de tabuleiro que se destaca pela beleza de suas peças e pelo dinamismo de seus movimentos cujo objetivo é dar xeque-mate ao rei adversário. Segundo estudos recentes, sua origem se deu no Império Persa, que, na Antiguidade, foi tão grandioso que chegou a ocupar parte do atual território indiano. É derivado de um jogo chamado Chaturanga, praticado na Índia desde o século VI d.C. O xadrez moderno começou a sofrer alterações a partir do século XIII, quando foi introduzido na Europa. No Brasil, o jogo começou a se popularizar na época do Império, no século XIX.

Além de sua importância esportiva, é crescente o número de países que adotaram o ensino do xadrez como instrumento sócio pedagógico e, cada vez mais, pesquisadores, pais e professores em todo mundo descobrem os benefícios, especialmente aqueles em idade escolar, advindos da prática recorrente.